CRISTO É A VERDADE

Translate this Page

Rating: 3.0/5 (2959 votos)



ONLINE
13





http://www.comcms.com.br/

QUAL A ORIGEM DO ALFABETO HEBRAICO?

26-12-2012

QUAL A ORIGEM DO ALFABETO HEBRAICO?

 
Por muito tempo foi ensinado nas escolas que os fenícios foram os inventores do alfabeto, mas essa teoria já caiu por terra. Pesquisas recentes demonstram que seu surgimento se deu a partir da simplificação da hierática (utilizava símbolos tais como cabeça de boi, casa, vara, palma da mão, etc.), que por sua vez é uma simplificação dos hieróglifos egípcios. A nova invenção reduziu os símbolos egípcios  ao número de 22 consoantes, facilitando sobremaneira a arte de escrever. Este alfabeto rudimentar é chamado de protosinaítico (ou caananita Sinai), devido a sua origem na península do Sinai no século XIX a.C (provavelmente durante o reinado de Amenemhat III da 12ª dinastia). Coube aos fenícios, exímios navegadores e comerciantes, a adaptação e difusão do alfabeto. Abaixo a evolução do protosinaítico para os alfabetos fenício, hebraico, aramaico, grego e romano:
 
 

 
O hebraico quadrático, tal qual como pode ser visto na Toráh (livro sagrado dos judeus) só passou a ser empregado pelos judeus após o exílio babilônico (586-537 a.C.). As ilustrações que apresentam Moisés segurando as tábuas da lei com inscrições em hebraico quadrático não passam de um anacronismo. O êxodo se deu por volta do século XIII a.C., ou seja, cerca de sete séculos antes da sua 
adoção pelo povo israelita. 
 

 
Caso tenha interesse no tema, vale consultar a excelente monografia (título traduzido):

Jones F. Mendonça
http://numinosumteologia.blogspot.com.br/2011/02/como-surgiu-o-alfabeto.html


Hebraico
Fatos rápidos
Tipo Consonantal alfabética
Genealogia Proto-Sinaítico
Localização Ásia Ocidental
Tempo Século 10 aC para Presente
Direção Direita para a esquerda

O hebraico é uma das mais longas línguas continuamente gravadas thathas sobreviveram ao dia moderno .Ele apareceu pela primeira vez em torno da tarde 11thor aC início do século 10, na forma do calendário de Gezer. Enquanto thescript sobre esta inscrição é chamado o hebraico antigo , é mal discerniblefrom feníciade onde se originou.

Enquanto isso, outra escrita fenícia-derivada, aramaico , foi rapidamente se tornando theinternational língua comércio no antigo Oriente Médio . Consequentemente, por volta do século 6 aC, os hebreus começaram a escrever em aramaico para uso diário e confinado o script hebraico antigo para uso religioso (ea inscrição ocasional em moedas). O script aramaico adotada pelos hebreus, rapidamente se tornou conhecido como o roteiro judaico, e por causa da forma de suas letras também se tornou conhecido como Ketab merubba `, ou "roteiro quadrado". O seguinte é o alfabeto completo, mas características withoutany que foram adicionados mais tarde.

Você pode notar que as letras Kap , mem , nun , pe , e tsade cada um tem duas formas. A segunda forma é usado somente quando a letra aparece no final de uma palavra.

Uma nota sobre o gráfico anterior é que as letras roxas estão transliteração romana à base de letras hebraicas, e um pouco com base na transcrição fonética . Por exemplo, as cartas que têm um ponto baixo estão consoantes enérgicos.

O alfabeto hebraico, como é adotado de fenício realmente não reproduz todas os sons do idioma hebraico , portanto, algumas letras representam vários sons. A carta de aposta , por exemplo, pode representar tanto [b] e [V]. Similar, pe é tanto [p] e [f], e kap pode ser [k] e [x]. Para diferenciar entre as variações, um ponto chamado dagesh é colocado dentro para indicar o batente ([b], [p], [k]) versão da carta.

Como todos os scripts Proto-Sinaítico derivados, as vogais não são escritas em hebraico antigo, nem os scripts judeus. No entanto, tornou-se cada vez mais importante para registrar as vogais quando o aramaico tornou-se mais popular como a língua falada ao invés de hebraico. Assim, o sistema conhecido como "matres lectionis" foi concebido em que foram utilizados determinadas letras para representar vogais longas: "aleph para [a:], ele para [o:] e [a:], waw para [o:] e [u :] e yodh para [e:] e [i:]. No entanto, Madres lectionis não era um sistema completo , e por volta do século 9 dC a prática de adição de pontos e linhas, chamada nikkudim, acima ou abaixo de uma carta para indicar uma vogal surgiu. Isto é conhecido como o sistema de "Tiberian", nomeado após a cidade de Tiberíades, na Palestina, e juntou-se matres lectioniscomo parte do sistema de escrita hebraica.

O sistema Tiberiano é mostrado no exemplo que se segue:

1 : a vogal não é exatamente [o], mas pode variar entre [a] e [ɔ], dependendo do dialeto.

2 : estas vogais são como [ə], mas com um toque de [e], [a] e [ɔ], respectivamente.

Links Relacionados

Criar um Site Grátis Incrível | Criar uma Loja online Grátis | Sites Grátis | Free Websites | Wordpress e Prestashop Grátis