Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
CRISTO É A VERDADE

Translate this Page

Rating: 3.0/5 (2965 votos)



ONLINE
2





http://www.comcms.com.br/

BATIZAR EM NOME DE QUEM?

 

O Batismo em Nome do Pai, Filho e Espírito Santo é Certo?

 

 
Estive pesquisando em vários materiais e entre eles achei uma explicação sobre Mateus 28:19 no site acts321.org e utilizei uma parte desse estudo e a outra parte foi elaborada por mim. Gostaria de pedir aos irmãos que mostrassem esse estudo no site, talvez ajude a esclarecer algumas coisas sobre o Verdadeiro Batismo Bíblico.


Pergunta: Por que Jesus nos instruiu para batizar "em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo" se a doutrina da Trindade está errada? Esse versículo não prova que há três pessoas na Divindade?


Resposta:
Antes de responder a questão acima, gostaríamos de colocar algumas questões para a contemplação do leitor:


1. Jesus abordou a identidade de Deus nesse verso ou discurso?


2. Será que o versículo menciona a palavra "Deus"?


3. O versículo nos diz que Deus é feito de três seres ou pessoas?


4. O versículo nos diz algo sobre a natureza dos três?


5. O versículo nos diz quem é o Espírito Santo?


6. O versículo nos diz que existem três nomes?


A resposta honesta para as perguntas acima é NÃO. Não se trata de quem é Deus e não nos diz nada sobre a natureza do Pai, do Filho e do Espírito Santo. No entanto, esse texto nos confirma que há um Pai, há um Filho e há um Espírito. Não há dúvida sobre a existência deles. 


A relação entre o Pai, o Filho e o Espírito Santo não é definida nesse verso. Insistir para que isso signifique que há três pessoas na Divindade vai além das informações previstas na passagem. Para definir a relação de que há três seres co-iguais e co-eternos, esse texto não pode ser usado por não conter tais informações.


O que a passagem quer dizer? Como foi entendida por aqueles que ouviram a Cristo esse tipo de instrução? A resposta é facilmente encontrada quando estudamos o livro dos Atos dos Apóstolos. Achamos que todos os batismos registrados foram praticados em nome de Jesus e não "em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo" (Atos 2:38; 8:16; 10:48; 19:5).


Isso levanta a questão: será que os discípulos compreenderam o comando de Jesus? Eles estavam errados em batizar apenas em nome de Jesus?


Não devemos acreditar que eles estavam errados. Devemos acreditar que os discípulos tinham uma melhor compreensão do mandamento de Jesus do que muitos possuem hoje. Vamos entender melhor:


A palavra "nome" significa "autoridade" (João 5:43). A Jesus foi dada toda a autoridade no céu e na Terra (Mateus 28:18; João 5:27; João 5:43). Ele tem a autoridade do Pai, tem a autoridade do Filho (Ele mesmo) e com o correto entendimento do Espírito Santo (que é Seu próprio Espírito, o próprio Cristo, e não outra pessoa), Ele tem a autoridade do Espírito Santo. Cristo tem esta autoridade pela força de Sua relação com o Pai (Sendo o Seu único Filho gerado). Esta é a sua herança divina (Hebreus 1:4). 




Portanto, uma vez que Jesus tem a autoridade do Pai (Pai), do Filho (Ele Mesmo) e do Espírito Santo (Seu Próprio Espírito), os batismos registrados no livro dos Atos dos Apóstolos (em nome de Jesus Cristo ou na autoridade de Jesus Cristo) é um reconhecimento da autoridade do Pai, do Filho e do Espírito Santo, a mais alta autoridade no céu e na terra. Cristo é o único meio pelo qual podemos ser abrangidos por esta autoridade (João 14:6).


O próprio Jesus confirmou que o batismo deve ser realizado em sua autoridade, ou, em seu nome. Vamos ler um relato paralelo ao de Mateus 28:19 que se encontra em Lucas 24:17. Vejamos:



"e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando por Jerusalém." Lucas 24:47


Vamos observar o que o verso diz:


Na autoridade (no nome de Jesus) deveria ser pregado:


- Arrependimento para Remissão de Pecados


- Em Todas as Nações (Ordem semelhante em Mateus 28:19 e Marcos 16:15-16)


Vamos analisar o cumprimento da ordem do Mestre e entenderemos o significado:


"Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo." Atos 2:38


O Primeiro Passo a Ser Feito é: Arrependimento


"e que em seu nome se pregasse arrependimento..." Lucas 24:47


"Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos..." Atos 2:38


O Segundo Passo a Ser Feito é: Remissão dos Pecados. Como é feita a Remissão dos Pecados? O que Pedro nos ensinou?


"e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados..." Lucas 24:47


"Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados..."


A Remissão dos Pecados é feita "em nome" ou na autoridade de Jesus Cristo (Lucas 24:47). Pedro nos ensinou que o batismo é para Remissão (Perdão) de Pecados. Com isso está muito claro que o batismo deve ser feito "em nome" ou na autoridade de Jesus Cristo, cumprindo assim a ordem do Mestre. Portanto, com o correto entendimento de Mateus 28:19, concluímos que todos os batismos devem ser realizados na autoridade de Jesus Cristo.


Observações:


1. Com certeza que Mateus estava junto com Pedro quando quase três mil pessoas foram batizadas na autoridade de Jesus Cristo, em Seu Nome. Se Pedro tivesse errado, Mateus teria corrigido Pedro e teria dito a ele que o batismo deveria ser feito "em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo". Mas isso não aconteceu. Mateus batizava da mesma forma que Pedro: Em nome de Jesus Cristo.


2. Se Pedro tivesse errado em Atos 2:38, Deus não teria enviado um Anjo para dizer para Pedro para encontrar com Cornélio em sua casa, sabendo que Pedro o batizaria em nome de Jesus Cristo. 


3. Paulo disse ter recebido o evangelho por revelação do Senhor Jesus (Gálatas 1:10-16). Paulo somente batizou em Nome de Jesus Cristo e não "em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo".


4. Há Um Só Batismo Verdadeiro (Efésios 4:4) que deve ser realizado da Seguinte Forma:


- Pregação do Evangelho


- A Pessoa Aceitar e ter Fé


- Por Imersão


- Em Nome de Jesus Cristo


Se não for feito dessa forma, que seja considerado anátema (Gálatas 1:8). Todos os Apóstolos batizaram dessa forma, como está no item 4 e somente no 4º Século é que a fórmula "em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo" tornou-se uma prática definitivamente. 

Espero ter ajudado com esse estudo,

Um grande Abraço
Carlos Rosa
Criar um Site Grátis Incrível | Criar uma Loja online Grátis | Sites Grátis | Free Websites | Wordpress e Prestashop Grátis