CRISTO É A VERDADE

Translate this Page

Rating: 3.0/5 (2923 votos)



ONLINE
2





http://www.comcms.com.br/

A "VELHA NOVA" MODA DE APOSTOLOS

A "velha-nova" moda de apóstolos.


 

 
imagem copiada do blog cristaoreformado.blogspot.com
É claro que muitos ao ler este texto será confrontado pelo que até hoje tem seguido achando fazer a coisa certa, e já te alerto que o seu líder usará a desculpa de que quando se faz e se está na vontade de Deus se sofre perseguições, e isso é sinal da aprovação d'Ele. Isso é uma mentira pois se está fora do ensinamentos da Palavra de Deus e vai contra ela, isso não é perseguição e sim desmascarar mentiras usadas em nome de Deus. Boa leitura!
ANTES DE LERMOS O TRECHO A SEGUIR VEREMOS NO DICIONÁRIO O QUE SIGNIFICA A PALAVRA “NECESSÁRIO”: Aquilo que não se pode dispensar, essencial, forçoso, importante.
Quando lemos um anuncio de uma vaga de emprego assim:
“PRECISA-SE DE MOTORISTA COM HABILITAÇÃO CATEGORIA 'E', CURSO DE CARGAS PERIGOSAS E EXPERIÊNCIA EM CARTEIRA DE 3 ANOS, É NECESSSÁRIO APRESENTAR ESSES REQUESITOS PARA PREENCHER VAGA.”
É obvio que não precisamos nem de discernimento espiritual para entender que somente podemos concorrer a determinada vaga exemplificada acima se possuirmos os requisitos como a categoria de habilitação, o curso informado e a experiência, mas isso tudo é só para entendermos o que realmente diz a Palavra de Deus em
ATOS 1:21 e 22: “É NECESSÁRIO, pois, que, dos homens que CONVIVERAM CONOSCO TODO O TEMPO em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós, começando desde o batismo de João até ao dia em que de entre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição.”
Quando Judas “deixou uma vaga” para apostolo, tendo os outros se reunidos escolheram entre dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias. E conforme DIREÇÃO DE DEUS ATRAVÉS DE SEU ESPÍRITO SANTO foi deixando bem claro que para preencher essa vaga era NECESSÁRIO que o candidato tenha andando com Jesus desde o seu batismo até a sua ressurreição e tenha CONVIVIDO COM ELES...agora pensa e responda: todos esses “apóstolos” que brotaram por aí algum deles realmente se enquadram nessas especificações dadas por Deus em sua Palavra? Se realmente preenchessem essa qualificação teriam quantos anos? Para terem andado com Ele e convivido com os apóstolos...quando lemos em EFÉSIOS 4:11  “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores...” E ELE MESMO DEU UNS PARA APOSTOLOS...ou seja o próprio Jesus escolheu a dedo os seu apóstolos, nos dias de hoje não há substituição, os apóstolos permanecem “vivos” entre nós através do evangelho, de suas experiências, ensinamentos.
Interessante como ESSA NOVA-VELHA MODA já existia a tempos atrás quando lemos "Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; E PUSESTE À PROVA OS QUE SE DIZEM SER APÓSTOLOS, E O NÃO SÃO, e tu os achaste mentirosos."  em Apocalipse 2 : 2. Isso só deixa mais claro que o esse modismo vem de tempos atrás e continua até os dias de hoje, colocam essa “função” como se fosse algo superior, hierárquico, um “super-humano” acima de todos, o gerente da igreja que comanda pastores, missionários, etc... Resumindo, pegue sua Bíblia e acompanhe os textos: qualificações necessárias para ser um apóstolo, primeiro tem de ter sido testemunha ocular do ministério terreno de Cristo (At 1:22; I Co 9:1), ter sido comissionado por Ele, em Pessoa (At 26:15-18; Mc 3:13-19; Lc 6:13-16), ter sua obra autenticada por sinais (II Co 12:12) e reconhecido pelos demais apóstolos (Gl 2:9). É necessária uma análise do apostolado de Paulo, ele foi o último apóstolo, alguém pode pensar que ele não preenche o requisito de ter visto a Cristo Jesus, mas se engana, ele desfrutou de um chamado exclusivo, ele viu a Cristo ressurreto (I Co 9:1), foi especialmente designado por Ele (Gl 1:1) e foi até ao trono, do Mestre, aprender diretamente dEle (II Co 12:2) e o curioso foi que ele foi chamado para o apostolado depois da época dos demais (I Co 15:8). A escolha de Matias ao apostolado nos deixa claro que quem o escolheu foi o próprio Mestre (At 1:24), por isso, a igreja não pode escolher para si apóstolos. Apóstolos foram homens que foram diretamente comissionados pelo Senhor para pregar a Palavra e plantar igreja, eles foram homens que viram Cristo ressurreto (At 1:22), eles tiveram poder para operarem milagres (II Co 12:12) com o objetivo de confirmar a mensagem pregada (Hb 2:4), juntos com os profetas, do NT, seu ministério foi primeiramente concernente a fundação da igreja (Ef 2:20) . O ofício de apóstolo foi temporário e a quantidade dos apóstolos, no sentido técnico da palavra, é diminuta: Este foi o distinto nome dos doze apóstolos originalmente (Mt 10:2; Lc 6:13; 9:10; 22:14; Ap 21:14), ou dos onze posteriormente, com quem Paulo foi contado, como ele disse em I Co 15:7,9; At 1:26, Paulo justificava sua contabilidade com os apóstolos pelo fato dele ter sido chamado para o ofício por Cristo em Pessoa . E o ministério se findou, pois seu trabalho estava limitado ao período de estruturação da igreja, como a igreja já foi estruturada e a Bíblia está completa não há mais necessidade de apóstolos, não há apóstolos hoje, pois: “ao qual, não o havendo visto, amais; no qual, não o vendo agora, mas crendo, vos alegrais com gozo inefável e glorioso;” (I Pd 1:8), em outras palavras, nenhum homem hoje preenche os requisitos bíblicos, um deles o elementar de ter visto o Senhor Jesus ressurreto, conseqüentemente jamais pode ter sido convocado por Ele. A observação específica sobre o ofício apostólico é que este dom é similar aos permanentes, no sentido de permanência à pessoa do possuidor, quero dizer que Paulo foi apóstolo até o fim da vida, igualmente os demais doze. COMO DIZ A PALAVRA EM João 8:32 "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." MAS MESMO ASSIM TEM GENTE QUE PREFERE CONTINUAR NA IGNORÂNCIA E A SEGUIR MODISMOS E A DEFENDER ALGO QUE VÁ CONTRA A PALAVRA DE DEUS.
Concluindo... Nós não podemos encerrar o assunto do apostolado sem dar uma última olhada no círculo de seus membros. Esse é um círculo fechado, e todo esforço para reabri-lo tende a destruir uma característica da nova aliança. No entanto, grande esforço tem sido empreendido nesse sentido repetidas vezes. Nós o vemos na sucessão apostólica de Roma; na concepção ética que, gradualmente, apaga a linha de separação entre os apóstolos e os crentes; e na sua forma mais ousada e concreta. Alguns hereges asseveram que não apenas o Senhor deu à sua Igreja um colégio de apóstolos no início, mas também, agora, chamou uma corporação de apóstolos para preparar seu povo para a segunda vinda. Entretanto, essa posição não pode ser sustentada com êxito. Nem nos discursos de Cristo, nem nas epístolas dos apóstolos, nem no Apocalipse nós encontramos a mínima insinuação de tal evento. O fim de todas as coisas é repetidamente anunciado. O Novo Testamento frequentemente relata em detalhes os eventos e sinais que deverão preceder a volta do Senhor. E, contudo, entre todas essas profecias, não existe o menor sinal de um apostolado subsequente. No panorama das coisas por vir, literalmente não há lugar para ele. Tampouco os resultados obtidos por esses irmãos lograram satisfazer as suas expectativas. O seu apostolado tem sido um grande desapontamento. Ele não tem realizado quase nada. Eles têm ido e vindo sem deixar rastro (alguns deixam rastros, sim, de processos e contravenções perante a Lei). Não nego que alguns desses homens chegam a fazer um sinal chamativo ou um 'milagre', mas, em primeiro lugar, os sinais realizados são bem inferiores aos dos apóstolos reais; em segundo lugar, muitos homens de Deus chamados apenas de 'pastores', realizam sinais muito mais maravilhosos que merecem ser notados; terceiro, a Igreja Católica Romana algumas vezes oferece sinais que não são simulados nem artificiais;  quarto: em outras religiões são observados muitas vezes "milagres" extraordinários; por último, o Senhor nos advertiu que estes seriam feitos por homens que não lhe pertencem. "Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos."  (Mateus 24 : 24) Finalizando...APÓSTOLOS NOS DIAS DE HOJE NÃO EXISTEM...ISSO VAI CONTRA A PALAVRA DE DEUS!!! É HERESIA. ENCERRANDO DE VEZ ESSE ASSUNTO, expondo o quem está escrito em I Coríntios 15 : 8: "E por DERRADEIRO de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo."   O APOSTOLO PAULO SE ANUNCIA COMO O "DERRADEIRO", ou seja, O ÚLTIMO DOS APÓSTOLOS.
Se não bastasse tudo isso.... Sentiu que esse é o seu chamado? Quer mudar de vida? Quer ter a vida que você sempre desejou? Seus problemas acabaram compre hoje mesmo o seu título de Apostolo, com unção, carteirinha e diploma no site: http://www.faculdadegospel.com.br/curso/curso-de-apostolo PODE SER SEMI ANALFABETO E VOCÊ SÓ PAGA DE R$ 3.000 POR APENAS R$ 900 aceita todos os cartões, e formas de pagamento até 12 vezes
PARECE PIADA...MAS ISSO INFELIZMENTE É A PURA REALIDADE...OREMOS!!!!
 
"E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte."  (Isaías 56 : 11)
Criar um Site Grátis Incrível | Criar uma Loja online Grátis | Sites Grátis | Free Websites | Wordpress e Prestashop Grátis