CRISTO É A VERDADE

Translate this Page

Rating: 3.0/5 (3001 votos)



ONLINE
1





http://www.comcms.com.br/

A ALIANÇA DE SAL

A ALIANÇA DE SAL !!!

 
 

Há dois mil anos, o Império Romano pagava os seus soldados com sal. O documento que permitia a retirada de uma determinada quantidade de sal dos estoques imperiais tinha o nome de "Salarium"o que gerou a palavra "Salário" em português. Desde os dias de Roma até hoje, quando nos referimos a um trabalhador que não cumpre os seus deveres de modo adequado, dizemos que "ele não vale o salário que recebe".

Acordos Permanentes :

Em dois momentos no AT, os acordos entre Deus e os homens são chamados de "uma aliança de sal" . A determinação de que todas as ofertas levadas ao Tabernáculo pertenciam aos levitas é chamada de"aliança perpétua de sal perante o Senhor" (Nm 18:19). O rei Abias se refere à aliança davídica como "uma aliança de sal" (II Cr 13:5). Em ambos os casos, o sal simbolizava a permanência dos acordos.

Dentro do texto bíblico, o sal representa preservação, estimulação de sede e permanência. Jesus chamou Seus discípulos a serem o sal mantenedor num mundo caído (Mt 5:13). Jesus e o apóstolo Paulo encorajam os crentes a serem o sal que dá sede e atrai as pessoas para o Senhor (Mc 9:50; Cl 4:6). O sal é um composto que não se esvai.

Quando Jesus falou do sal que perde o seu sabor (Mt 5:13), Ele estava se referindo às salinas do Mar Morto, onde o sal se transforma num pó branco inerte. Se o verdadeiro sal sai da mistura, o que fica é inútil. Crentes cuja obediência ao Senhor se mistura com a obediência ao mundo, verão suas vidas espirituais definharem ao ponto de se tornarem totalmente impotentes.

A Força da Lealdade !

Quando a Bíblia fala de "uma aliança de sal" (Nm 18:19; II Cr 13:5), a Palavra de Deus está indicando a lealdade divina ao Seu povo. Deus está comprometido com a preservação da promessa feita ao Seu povo, com a satisfação da sua sede espiritual e com o estabelecimento de relações permanentes. O rei Abias, corajosamente, dá testemunho destas verdades no momento em que confrontou o exército rebelde do Reino do Norte e o fez lembrar que ele era o rei, de Judá ,por direito, conforme a aliança de sal feita com Deus (II Cr 13:1-6). Apesar da superioridade militar de Israel, Abias confiou que o Senhor lhe daria a vitória, baseado na lealdade de Deus.

O Senhor Jesus espera que os Seus seguidores de hoje lhE sejam fiéis, do mesmo modo que Ele é fiel. Quando a Bíblia diz "a vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um" (Cl 4:6), está, na verdade, chamando os cristãos para se comprometerem uns com os outros, sendo graciosos com todos e falando o melhor sobre cada um.

 

"Bom é o sal; mas, se o sal vier a tornar-se insípido, como lhe restaurar o sabor? Tende sal em vós mesmos e paz uns com os outros" (Mc 9:50).
Criar um Site Grátis Incrível | Criar uma Loja online Grátis | Sites Grátis | Free Websites | Wordpress e Prestashop Grátis