CRISTO É A VERDADE

Translate this Page

Rating: 2.6/5 (271 votos)



ONLINE
3





http://www.comcms.com.br/

Homosexualismo e a bíblia

 

Há uma advertência registrada em Lc17:18-29 que ensina que assim como veio o julgamento sobre Sodoma e Gomorra por causa dos pecados graves contra Deus, que clamavam a Ele por serem tão grandes, assim também o juízo virá sobre nós, porque entre nós se pratica descaradamente esses mesmos pecados que clamam a Deus por serem um ultraje contra a Sua santidade. 
Esse pecado da Sodomia (Homossexualismo, Lesbianismo) já se manifesta em praça pública, e esses ímpios estão querendo que as práticas deles sejam consideradas perfeitamente normais. Pedem que aprovemos aquilo que Deus na Sua Santa palavra define como abominação diante dEle. Somos conclamados a dar-lhes o direito de praticar e de promover seus atos imorais porque “gostam” daquilo que fazem, e dizem que é a única maneira “natural” de agirem, embora Deus na Sua Palavra tenha declarado que aquilo é contrário á natureza, além de ser pecado passível de juízo. 
Nesse caso, teríamos de dar nossa aprovação a todo assassino, porque deve ser correto matar, se “gostarem” disso. Seria a mesma coisa que dar nossa aprovação a todo o ato incesto e de estupro, porque os criminosos “gostam” de fazê-lo ou aplaudir o ladrão que “gosta” de furtar. Teríamos de aprovar cada filho desobediente porque este ”gosta” de desobedecer aos pais e fazer segundo seu  próprio agrado. 
Não! Não podemos aprovar aquilo que Deus odeia. Devemos erguer nossa voz contra todo pecado que é um desafio contra Deus, quer em público, quer atrás de portas fechadas, pois o Deus santo e justo vê tudo, sejam quais forem às circunstâncias. 
A lei e ao testemunho! O que diz a Palavra de Deus a respeito desse assunto da sodomia (do homossexualismo e do lesbianismo)? Não importa o que nós achamos que é; nem aquilo que um repórter de um jornal acha que é; nem a opinião que a TV diz a respeito; nem a idéia de certos professores, pregadores, líderes, eclesiásticos, psiquiatras, nem aquilo que as infelizes vítimas desse pecado dizem a respeito. O que importa é aquilo que a Palavra de Deus nos diz. 
Em  Dt. 23.17 lemos o que Deus diz a respeito dessa questão: “Das filhas de Israel não haverá quem se prostitua no serviço do templo, nem dos filhos de Israel haverá quem o faça”.O verbo “prostituir-se” representa uma palavra  hebraica que tem que ver com a sodomia e o equivalente feminino, o lesbianismo. Podemos, portanto compreender: “Não poderá haver uma lésbica entre as filhas de Israel, nem um homossexual entre os filhos de Israel”.Assim, não ficamos com dúvida a respeito daquilo que a Palavra de Deus fala sobre essa prática, e a sua atitude não mudou, pois Ele mesmo não muda. Continua sendo pecado, odiado pelo Deus santo. 
Além disso, uma expressão muito enfática é empregada no v. 18: “Não trarás salário de prostituta nem preço de sodomita á casa do Senhor teu Deus por qualquer voto; porque uma e outra coisa são igualmente abomináveis ao Senhor teu Deus”.Aqui, de novo demonstrando como Deus abomina o homossexualismo, o sodomita é tratado de ”cão” no texto original. Estremeço ao pensar quão pavoroso é esse pecado aos olhos de Deus; mas as lésbicas e os sodomitas dos nossos dias pavoneiam-se diante de Deus na prática desse pecado, e procuram forçar a sociedade a aceitar esse modo condenável de vida como esse pecado hediondo tivesse grande charme. 
Em Lv. 18.22, a Palavra de Deus diz que esse pecado é uma abominação diante dEle: “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher: é abominação.” Ou, poderíamos dizer: O homossexualismo é totalmente proibido, por ser um pecado monstruoso. Esse mesmo mandamento está em vigor hoje, porque Deus não mudou. 
Preste atenção agora a Lv. 20.13, para ver como Deus mandou castigar esse pecado nos dias de Moisés; e já que Deus não mudou, Sua atitude para com ele continua sendo a mesma, e será castigado no dia do juízo a não ser que for confessado, arrependido, e lavado  no Sangue de Cristo: “Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável; serão mortos; o seu sangue cairá sobre eles”.Aqui, a Palavra de Deus deixa claro que a penalidade dos atos homossexuais é a morte para os dois participantes; eles a atraíram para si. Quero repetir: Deus não mudou, e esse pecado continua merecendo a pena da morte- não diante dos tribunais humanos, mas diante de Deus. 
Essa palavra não é minha, mas é a Palavra de Deus. Dizer que não é pecado não altera a Palavra de Deus. Dizer que eu não devo me meter no assunto não altera o fato que é pecado aos olhos de Deus, que viola o Sétimo Mandamento e que provoca a ira de Deus contra você se você não o confessar com arrependimento, lavando-o no sangue de Cristo. 
Esse pecado do homossexualismo está arruinando milhões de vidas em nossos dias, e o número está aumentando porque a impressão está sendo transmitida á juventude que é uma prática fabulosa. Ninguém conta quanta solidão esse tipo de vida causa. Ninguém conta que cerca de metade das pessoas que estão no laço desse pecado vicia-se no Álcool e nas drogas, e que mais de metade dos suicídios no país ocorrem entre os homossexuais. Ninguém conta que a maior parte dos casos de sífilis e gonorréia, e especialmente de AIDS, ocorre entre os praticantes desse pecado. Não falam da tremenda culpa e vergonha sentida por aqueles que estão presos neste laço de Satanás, e que para as vítimas não há mais saída - a não ser que for pela graça de Deus em Jesus Cristo. 
Acabo de ler a série de cinco artigos no noticiário local, no tocante ao homossexualismo, e todo o meu ser tem clamado contra esse pecado que é popularizado entre tantas pessoas como coisa atraente. Preciso erguer a minha voz contra ele, esperando que Deus, pelo seu grande poder aplique a alguém essa advertência e o liberte! 
Vejamos o que as Epístolas do Novo Testamento (Cartas ás Igrejas Novas) têm que dizer contra esse pecado! “Não sabeis que o reino de Deus nunca pertencerá aos injustos e aos perversos? Nada de ilusões! Seja devasso, idólatra ou adúltero; afeminado ou sodomita; ladrão, embusteiro ou alcoólatra, maldizente ou avaro, com estes ou outros vícios, ninguém poderá tomar parte do reino de Deus! (I Co 6.9-10)”.Mas sabemos também que a Lei... se dirige contra aqueles que atacam os pais, matam seu semelhante, sexualmente tresloucados e pervertidos , ou negociam com o corpo dos outros. É ainda contra aqueles que são mentirosos e perjuros, sim na realidade, é contra qualquer ação que contradiz o salutar conhecimento do Glorioso Evangelho” (I Tm. 1.9-10) . 
A lei de Deus, portanto, é contra o pecado, e classifica justamente com os homicidas e raptores, os homossexuais. A Lei está contra você, e a alma que pecar, essa deve morrer. 
Esses dois trechos Bíblicos nos ensinam  que o homossexual não é salvo, não é crente, e que está debaixo da ira de Deus por ser transgressor, não das leis humanas, mas da Lei de Deus. Sendo assim, não há a mínima razão de uma igreja nem sequer debater se os homossexuais deve ser ordenados como pregadores, ou Ter acesso á Santa Ceia. Não sendo Cristãos, a Santa Ceia seria apenas para a maior condenação da sua alma; e quanto á pregação não podem ser chamados ministros de Cristo quando ele os condena abertamente e lhes diz que, enquanto não for confessado esse pecado, arrependido, e abandonado, e até coroarem Jesus como Senhor da sua vida, não Pertencem a Ele. 
Isso não significa que não poderão ser salvos, pois certamente a graça de Deus é suficiente para salvar qualquer pecador. Mas para haver salvação do homossexual este deve reconhecer estar em pecado, e que a libertação poderá ser somente mediante a graça e o poder de Deus. O homossexual que quer ajuda precisa começar nessa altura, senão nunca começa. Esse pecado precisa ser confessado e exposto diante de Deus como pecado. A alma deve abandonar esse pecado, fugir dele, e voltar-se para Deus em Cristo, se é para ser liberta. 
Alguma alma exclama: “Mas, pastor estou desamparado contra esse pecado.” É certo , e assim que fica todo pecador, mas é a graça de Deus que faz a diferença. Quando, porém, você confessa sua própria fraqueza e clama a Deus, pedindo misericórdia, e confiar nEle para lhe dar poder para vencer o pecado, você pode Ter a vitória. Cristo pode ajudar você, porque Ele morreu para fazer expiação por todos os pecados que você já cometeu, inclusive o da sodomia. Há mais um texto no Novo Testamento que trata desse pecado do homossexualismo; está em Rm. 24-28. Para mim, esse é um dos capítulos mais terríveis da Bíblia, porque retrata homens e mulheres que transformarem a verdade de Deus em mentira, e que são entregues por Deus ás próprias concupiscência e á profunda depravação dos seus próprios corações. Estremeço ao pensar em almas que se perverteram de tal maneira que a Palavra de Deus fala três vezes nesses versículos: “ Por isso Deus entregou tais homens á imundícia... Deus os entregou a paixões infames...Deus os entregou a uma disposição mental reprovável.” 
Examinemos esse texto, pois: Abandonaram a Deus; não admira que Deus os abandonasse a eles, permitindo que sejam ludibria das suas más ações e desonrarem seus próprios corpos. São estes que o impedem que a verdade divina atinja o seu objetivo, aceitando a mentira, homenageando e prestando mais culto ás criaturas do que a de Deus, que é o único digno de ser cultuado para todo o sempre, amém. Deus, por esse fato, os entregou ás paixões infames, pois até suas mulheres substituíram as práticas normais do ato sexual por outras anormais e contrárias á natureza. Quanto aos homens, também desviaram a atenção do sexo contrário para indivíduos do mesmo sexo. E assim cometeram tão horrendos crimes que acabaram por imprimir na sua personalidade as conseqüências da perversidade sexual.
 Além disso, desde que eles se considerem inferiores ao conhecimento de Deus o mesmo Deus permitiu que se tornassem escravos das suas mentes degeneradas cometendo crimes nefandos e abomináveis” (Cartas ás Igrejas Novas). 

Não há linguagem para descrever a vida da pessoa presa no laço desse pecado, a não ser essa linguagem do próprio Deus. Ela nos revela o derradeiro fim daqueles que não querem reconhecer a Deus  e que chama ás trevas, luz, e ao pecado, virtude. 
Escrevo essa mensagem com dois sentimentos: primeiro, total ódio a esse pecado que tem levado tantas pessoas á perdição e que rapidamente transforma a nação em Sodoma e Gomorra. Segundo, sinto grande compaixão por aqueles que estão no laço desse pecado, porque sei que a ira, a desgraça e a condenação que aguardam essas almas infelizes. Minha atitude para com o pecado é de ódio, porque Deus o odeia. Minha atitude para com você, pecador, é de amor e de compaixão, e quero chamá-lo ao arrependimento . Venha a Cristo para ser lavado mais branco do que a neve, pelo Seu sangue, venha a Ele para receber um novo coração e uma nova natureza, para ser transformado á Sua semelhança  e andar no caminho da verdadeira santidade. 
Em Cristo, você tem a oferta da vida, do amor, do perdão, e do poder sobre o seu pecado; sem o arrependimento, porém, você nada poderá esperar senão a morte, a ira, e a condenação eterna. Insisto com o caro leitor: fuja para Cristo!

 

 

 

 

 

Criar um Site Grátis Incrível | Criar Loja online Grátis | Sites Grátis | Criar Loja Virtual Grátis | Hospedagem de Sites